8.3.12

MULHERES no Esporte - Dia da MULHER - 8 de Março!

Sendo mulher, é óbvio que não ia deixar passar essa data do Dia Internacional da Mulher e lembrar das grandes mulheres que fizeram diferença no esporte, levando o nome do nosso país e dando orgulho ao esporte brasileiro com tantos prêmios, mas principalmente garra e determinação! 


TOP 10 MULHERES BRASILEIRAS NO ESPORTE:


1. Marta (FUTEBOL) Marta Vieira da Silva, 26 anos

Marta já foi escolhida como melhor futebolista do mundo por cinco vezes consecutivas, um recorde entre mulheres e homens.Foi considerada pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009. 

Prêmios:
 - Jogos Olímpicos: Prata,2004/ Prata, 2008
- Copa do Mundo: Prata, 2007
- Jogos Pan-Americanos: Ouro, 2003/ Ouro, 2007 

Após a grandes exibições recentes e, principalmente, nos Jogos Pan-americanos de 2007, Marta chegou a ser comparada a Pelé, sendo chamada pelo mesmo de o "Pelé de Saias". A alagoana declarou que se emocionou ao saber que o rei do futebol acompanhou os jogos da seleção feminina.Além disso, entrou na calçada da fama do Maracanã, sendo a primeira e, até agora, a única mulher a deixar a marca dos pés neste local.


2. Hortência (BASQUETE) - Hortência de Fátima Marcari, 52 anos
Ex-Jogadora de Basquete, Hortência é a maior pontuadora da história da seleção com 3.160 pontos marcados em 127 partidas oficiais, média de 24,9 pontos/partida. Já disputou cinco mundiais (um a menos que Paula).

Em 2009 Hortência foi empossada diretora da Seleção Brasileira de Basquete Feminino pelo então presidente da Confederação Brasileira de Basketball. 

Prêmios:
- Jogos Olímpicos: Prata, 1996
- Campeonatos Mundiais: Ouro, 1994
- Jogos Pan-Americanos: Ouro, 1991/ Prata, 1987/ Bronze, 1983

 A maior homenagem já recebida por ela foi o convite para fazer parte do Hall da Fama do

basquetebol feminino no Naismith Memorial Basketball Hall of Fame, em 2002.


3. Maria Esther Bueno (TÊNIS)- 72 anos
É uma ex-tenista brasileira, atuante nas décadas de 1950, 1960 e 1970.Ao longo de sua carreira, venceu dezenove torneios do Grand Slam (7 na categoria simples; 11 em duplas femininas; 1 em duplas mistas).foi a Nº.. 1 do mundo em 1959 e 1960.
O International Tennis Hall of Fame também a incluiu como a melhor tenista do mundo, em 1964 (depois de perder a final no Torneio de Roland-Garros e ganhar Wimbledon e o U.S. Open) e 1966.
Famosa pela elegância do estilo de jogo e pela potência do serviço, é considerada a maior tenista brasileira de todos os tempos.
Prêmios:- Wimblendon: Campeã (1959, 1960, 1964)
- U.S. Open: Campeã (1959,1963,1964,1966)
DUPLAS:
- Open da Austrália: Campeã (1960)
- Open da França: Campeã (1960)
- Wimblendon: Campeã (1958,60,63,65,66)
- U.S. Open: Campeã (1960,62,66,68)

4. Maria Lenk (NATAÇÃO)Maria Emma Hulga Lenk Zigler  (1915- 2007)
Foi a principal nadadora brasileira, tendo sido a única mulher do país a ser introduzida no Swimming Hall of Fame, em Fort Lauderdale, Flórida.foi a primeira mulher sul-americana a competir uma Olimpíadas nos Jogos de Los Angeles em 1932, competiu também as olimpíadas de Berlim em 1936, batendo recordes mundiais individuais. deu ao Flamengo diversos importantes títulos.

Em 1942 ajudou a fundar a Escola Nacional de Educação Física da Universidade do Brasil, atual Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ainda hoje detém diversos recordes mundiais de masters, entrando para o Hall da Fama da Federação Internacional de Natação (FINA) em 1988, quando foi homenageada com o Top Ten da entidade máxima do esporte por ser um dos dez melhores nadadores master do mundo.

O nome do parque aquático no Rio de Janeiro é uma homenagem à nadadora brasileira Maria Lenk, falecida pouco menos de três meses antes de sua inauguração.


5. Sandra Pires (Volei de Praia)38 anos
Primeira brasileira campeã olímpica ao conquistar a medalha de ouro no vôlei de praia feminino, nos Jogos Olímpicos de Atlanta em 1996, ao lado de Jacqueline Silva.
Foi reconhecida pela Federação Internacional de Voleibol (FIB) como a melhor atleta do mundo nesta modalidade dos anos 90.

 Prêmios:
-  Medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Atlanta e bronze em Sydney, além de ter sido a primeira mulher a desfilar como porta-bandeira do Brasil em uma Olimpíada;
-  Tricampeã do Circuito Mundial;
-  Bicampeã do Circuito Banco do Brasil;
-  Bicampeã do torneio Rainha da Praia;
-  Medalha de ouro nos Goodwill Games de Brisbane;
-  Medalha de prata no Campeonato Mundial de Klagenfurt;
-  Eleita Revelação do Ano de 1994 pela Associação Americana de Vôlei de Praia (AVP);

6. Maurren Maggi (SALTO EM DISTÂNCIA)Maurren Higa Maggi - 35 anos
É uma saltadora brasileira. Tornou-se o maior nome da história do atletismo feminino do Brasil ao ganhar a medalha de ouro na prova de salto em distância dos Jogos Olímpicos de Pequim de 2008, saltando 7,04 m. Foi eleita melhor atleta da década pela revista Sport Life.
Prêmios:
- Jogos Olímpicos: Ouro, 2008;
- Campeonatos Mundiais (Indoor): Prata, 2008/ Bronze, 2003;
- Jogos Pan-Americanos: Ouro, 1999/ Ouro, 2007/ Ouro, 2011/ Prata, 1999;
- Universíada: Ouro, 2001/ Prata, 2001/ Bronze, 1999;


7. Fofão (VOLEI), Hélia Souza - 41 anos
Jogadora de Volei brasileira, Pela Seleção Brasileira, de 1991 a 2008, disputou 340 partidas e esteve presente em cinco edições consecutivas dos Jogos Olímpicos, iniciando em 1992 É a atleta mais vitoriosa do vôlei brasileiro pois, além de ter sido campeã olímpica em 2008, foi medalhista de bronze em 1996 e 2000, sendo a única a conseguir tal feito.

Prêmios:
- Jogos Olímpicos: Ouro, 2008/ Bronze, 1996/ Bronze, 2000
- Campeonato Mundial de Voleibol: Prata, 1994/ Prata, 2006/ Prata, 2010
- Copa do Mundo de Voleibol: Prata, 1995/ Prata, 2003/ Prata, 2007/ Bronze, 1999
- Copa dos Campeões: Bronze, 1997/ Ouro, 2005
- Grand Prix de Voleibol: Ouro, 1994/ Ouro, 1996/ Ouro, 1998/ Ouro, 2004/ Ouro, 2005/ Ouro, 2006/ Ouro, 2008/ Prata,1995/ Prata, 1999/ Bronze, 2000;
- Jogos Pan-Americanos: Ouro, 1999/ Prata, 1991/ Prata, 2007;


8. Fernanda Keller (TRIATLO)Fernanda Keller Nunes - 48 anos
É uma triatleta brasileira. É formada em educação física, e a única atleta do mundo que disputou e completou todas as provas do Ironman havaiano, a mais difícil competição do triatlo.A prova do Ironman compreende 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42 km de corrida, totalizando quase 10 horas de esforço contínuo. Fernanda é a única atleta do mundo a participar 22 anos consecutivos e terminar 14 vezes entre as 10 melhores atletas no Campeonato Mundial de Ironman, que sempre acontece no Hawaii.
Prêmios:
- Inclusão de "RECORDE SUL AMERICANO NO IRONMAN DO HAWAI"na Edição Brasileira do Guiness Book - O Livro dos Recordes.
- Cinco vezes campeã do Ironman Brasil.
- Prêmio Forbes de Mulher Mais Influente do Esporte;
O Instituto Fernanda Keller é uma Sociedade Civil sem fins lucrativos, que desenvolve projetos sociais Promover a educação social, com base em ações integradas. 

9. Magic Paula (VOLEI)Maria Paula Gonçalves da Silva - 50 anos 
Foi uma jogadora de basquetebol brasileira, mais conhecida como Paula ou Magic Paula (em referência ao jogador americano Magic Johnson). É considerada uma das melhores jogadoras de basquetebol de todos os tempos.
Defendeu a seleção brasileira de basquete feminino ao longo de 22 anos.

Prêmios:
- Campeã paulista (81/84/85/86/92/93/94/95/96)
- Campeã brasileira de clubes (86/87/91/95)
- Medalhista panamericana (83/87/91)
- Campeã panamericana de clubes (94/95)
- Campeã mundial de clubes (93/98)
- Campeã mundial por seleção (94)
- Medalhista olímpica (96)

O Instituto Passe de Mágica é uma ONG sem fins lucrativos, e foi criado em 2004 pela iniciativa da Magic Paula e Branca ex-jogadoras da seleção brasileira de basquete feminino para:
 Oferecer a prática lúdica do basquete a crianças e adolescentes;
 Desenvolver estratégias inovadoras de atendimento;
 Influenciar políticas públicas;


10. Daiane dos Santos (GINASTICA ARTÍSTICA)Daiane Garcia dos Santos - 29 anos
É uma ginasta brasileira, que compete em provas de ginástica artística.
Daiane foi a primeira ginasta brasileira, entre homens e mulheres, a conquistar uma medalha de ouro em uma edição do Campeonato Mundial. Dos Santos fez parte da primeira seleção brasileira completa a disputar uma edição olímpica – nos Jogos de Atenas -, repetindo a presença na edição seguinte, nas Olimpíadas de Pequim.

Daiane possui ainda dois movimentos nomeados após suas primeiras execuções: Dos Santos I e Dos Santos II.


Inspire-se! Enjoy Life ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário